segunda-feira, 13 de julho de 2009

Enganei você!

Na verdade não, eu só quis tentar enganar agora...

E parece que essa tal de não existe mais, então para que continuar falando dela?
Existem outros peixes no oceano \o/

E pra ser sincero, acabo de conhecer mais um:

‘’Ela estava feliz. Só naquele dia sua boca ficou em formato semicircular mais do que em toda a sua vida. O pequeno garoto em seus braços a fazia se sentir bem diferente.
E ela veio falar comigo. Como era de costume de tempos em tempos. Fiquei feliz por ela também, apesar de ainda não ter superado a perda da última história (fracassada, diga-se de passagem).

Mas o importante é que de todas aquelas noites passadas em claro pensando no que havia acontecido e no que provavelmente iria acontecer. Inúmeras possibilidades de novas situações, enfim... Ver aquele rosto branquinho e macio no aconchego de sua nova mãe fez com que a angústia saísse de dentro de mim e cedesse espaço para uma natureza mais alegre, mais colorida.

Chega de cinza por essa semana. É difícil que fique assim por um tempo. Mas é um ciclo que já estou acostumado. E depois disso sempre vem alguma coisa boa, para que prepare o terreno para esse cinza, novamente.

E então, é só continuar vivendo, deixar que vida o guie para algum lugar que o esconda da vergonha, como já dizia aquele cara, lá... ’’

Vida. Seja meu escudo.
-Magic.

Black Metal. Me deixe surdo.

-.

Carta que acabei de receber. Por mais arco-íris que tenha sido nos fins de tarde nesse lugar, as noites sempre parecem estar contra mim. E olha que conheço bem certas noites...

Nenhum comentário:

Postar um comentário