domingo, 2 de agosto de 2009

Surpresa!

Uau, que dia!

De fato algumas descobertas na vida são sem querer. Um dia você chega em casa, querendo tocar piano e percebe o quão insignificante você pode ser, tentando achar alguma coisa entre as teclas brancas e pretas. Eu acho que todo mundo tem liberdade para descobrir. Independente do jeito que for. E que não me venha aqueles profissionais com cabelo bagunçado que só usam terno me dizendo como se deve tocar.
Mas eu tenho que dizer também que estou mais longe do que achava que estava do meu eu-lírico. Gênio não se encontra todo dia. E não é vendido em lojas. Ou você é , ou você não é. Coisa que vem de berço sabe?
Mas lógico que influências são as causadoras disso tudo. Por mais que você queira discutir com uma pessoa mais inteligente que você, até que você pode se sair bem e deixar a conversa toda confusa do tipo ‘‘ah, deixa pra lá’’, mas nada que inverta o placar. É uma droga, eu sei. O pessoal de lá nunca desiste. Não é a toa que estão lá.
E falando em influencias, aproveito para dizer que o que é meu não é seu (derr, meio óbvio, não?). Mas em alguns casos não é bem assim.
É descobrindo outras maneiras de pensar e outros jeitos de ser que você pode se sentir diferente do jeito que te faça se sentir bem. Não que seja uma falta de personalidade nem nada, mas é pra isso que existe o nome ‘‘fases’’. Se não, tudo seria entediante. Já pensou se eu estivesse falando da , ainda? =X
E já pensou se blog fosse um livro? Uma única história? Quem é que lê apenas um único livro em toda sua vida? E que faz dessa história a sua vida. Quero ver quem é que faria isso x)

Nenhum comentário:

Postar um comentário