domingo, 13 de outubro de 2013

It's like you are my mirror.



Uma semana confusa. Não entendi nada. Ainda bem que terminou bem, mas ainda não sei para onde estou indo. Mas que eu estou indo para algum lugar, estou.

A caminhada é longe. É como ir a pé do seu trabalho até a estação de metrô em uma sexta feira iluminada, com um monte de gente na rua, outros tantos olhares perdidos e passos apressados. O stress do dia anterior pareceu tão insignificante, mesmo tendo me sufocado a ponto de achar que meu futuro iria desmoronar em segundos. Mas, ele ficou de pé. Pelo menos por enquanto.

E foi nos amigos que eu consegui me apoiar para não cair. Eu poderia metaforizar agora, mas não existe melhor palavra que essa. Posso ter decepcionado uns, ajudado outros, mas se tiver alguns copos de cerveja e boas risadas na mesa, todo o resto é indiferente.

Até agora eu não estava entendendo muito bem do por que ter voltado com o blog. Eu sabia que tinha um motivo, mas não queria admitir qual era. Percebo, agora, que estas linhas possuem um amor ainda escondido entre elas mesmas. Você entende o que eu quero dizer, certo?

E é muito cedo da minha parte dizer amor? Qualquer sentimento de afeto, para mim, pode ser amor. O que muda é a intensidade, essa sim que devemos ficar de olho. O natural é que essa aumente com o tempo, mas não é regra. Eu sinto que ela está parada, ou pelo menos andando bem devagar. Não posso fazer nada a respeito, apenas continuar escrevendo e ver se esse amor aparece de vez.

Não tenha medo de amar, de se entregar. Fale o que pensa, isso pode fazer um bem danado pra você. Não esconda nada, compartilhe situações e emoções. Parece um parágrafo de autoajuda, mas é isso mesmo. Quando eu precisei, eu desabafei e contei tudo para você. Isso me ajudou bastante.

E quando você menos esperava, eu fui sincero e isso tirou um peso das minhas costas. Eu abri um sorriso sem querer, no meio do café da manhã, quando a dor de cabeça ainda não tinha passado. E esse riso sem som me fez ver onde eu estava indo. Eu disse lá em cima, que não sabia. Mas não seria de todo mal se esse lugar for onde você está agora.

Just put your hand on the glass
I'll be tryin' to pull you through
You just gotta be strong.

Nenhum comentário:

Postar um comentário