domingo, 6 de outubro de 2013

New


Don’t look at me, its way too soon to see what is going to be. Como eu deveria saber, as pessoas vem me falando isso com certa frequência. E porque não dizer o mesmo para elas?

O tempo é um troço precioso. Passa rápido demais. Quando vemos, já acabamos aquilo que mal começamos. Não da para contar as inúmeras vezes que isso aconteceu comigo. Fico um pouco frustrado com essa coisa toda de tempo. De verdade.

Mas, eu preciso admitir que é preciso esperar. Acho justo pensar ao contrário, mas a verdade é essa. Precisamos ir por etapas. A vida é assim. A gente nasce, vive e morre. Não tem segredo.

Tentando ser o mais breve possível, pois não quero me aprofundar nesse assunto que me deprime sempre que penso muito sobre ele. Mas precisava colocar isso a limpo, de qualquer jeito.

As coisas estão acontecendo e preciso tomar muito cuidado para não fazer besteira. Se as pessoas vierem, eu preciso fazer com que elas fiquem. Se eu precisar ir embora, terei de convencê-las a me esperar, pois eu vou voltar. E se elas precisarem ir tenho de ter paciência e acreditar que as verei de novo em algum momento.

E enquanto eu espero, eu vou vivendo. Da pra fazer os dois, sim. Na verdade, a gente tem que viver enquanto espera e não esperar enquanto vivemos. Percebe a diferença?

Just in time, while I was searching for a rhyme you came along. Then we were new.


É empolgante quando isso acontece. Nesses casos a gente tem que segurar forte, pra não escapar. Vale a pena o esforço. E a espera.

Nenhum comentário:

Postar um comentário